2

MÉDICOS RECOMENDAM VACINA CONTRA A DENGUE

10 out, 2016 • Destaque, Telejornal

A vacina contra Dengue é uma vacina criada para prevenir a manifestação do vírus. Como a Dengue é um vírus incurável e que pode levar a complicações sérias, dependendo de sua infecção, a vacina é uma forma de prevenir a doença, principalmente suas formas mais graves. Atualmente apenas uma vacina foi licenciada no Brasil. Ela é feita com vírus atenuados e é tetravalente, ou seja, protege contra os quatro sorotipos de Dengue existentes. A eficácia na população acima de 9 anos é de, aproximadamente, 66% contra os quatro sorotipos de vírus da dengue. Isso significa que em um grupo de cem pessoas, 66 evitariam contrair a doença. Além disso, reduz os casos graves – aqueles que levam ao óbito, como a Dengue Hemorrágica – em 93% e os índices de hospitalizações em 80%.
Dr Werilse Pereira, que é pediatra e diretor proprietário de uma clínica que oferece as mais variadas vacinas em Caratinga, explicou que a vacina da Dengue só é capaz de prevenir contra o vírus da Dengue, não garantindo imunização contra outras doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, como o Zika Vírus e a Febre Chikungunya. Um levantamento que chama a atenção é que no Sudeste o principal tipo de criadouro do mosquito são os depósitos familiares. Silvia Eller é enfermeira e trabalha na clínica de Dr Werilse. Ela explicou quais são os cuidados necessários com o armazenamento da vacina e como ela deve ser administrada.
Segundo dados do DataSus, em 2015 foram registrados em Minas Gerais 69 óbitos por Dengue, 123 casos de Dengue Grave, 984 de Dengue com sinal de alerta, e no geral foram 189.378 casos confirmados da doença. Dr Werilse deixa claro que mesmo se a pessoa tomar a vacina contra Dengue, a proteção é fundamental. Principalmente porque a fêmea do mosquito Aedes aegypti ainda transmite outras doenças, como Zika Vírus, Febre Chikungunya e Febre Amarela.

 

Comentários

Posts Relacionados