ESPECIAL FUNCIME GUARDA MIRIM.Still002

Programa de Trabalho Aprendiz contempla assistidos da Funcime

4 jul, 2013 • Cidades, Destaque

Uma nova realidade: a Fundação Educacional Cidade dos Meninos (Funcime), firmou parceria com empresários e prestadores de serviços para o contrato de inserção dos aprendizes no mercado de trabalho.

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) já validou o curso de Auxiliar em Serviços Administrativos – do Programa de Trabalho Aprendiz (PTA) – voltado para adolescentes de 14 a 18 anos, assistidos da Funcime e que estejam matriculados e frequentando a escola.

Para garantir um maior convívio, aprendizado teórico e em um ambiente de trabalho, o programa prepara esses jovens: “A Funcime teve um cuidado com a seleção dos jovens encaminhados. Nós fomos bastante criteriosos, escolhemos o aprendiz com idade proporcional ao perfil da empresa, visamos a frequência escolar, tudo para atender as exigências das empresas.”, revelou a Coordenadora Pedagógica do PTA, Fabrícia Boaventura.

A qualificação dos jovens por meio do estudo e da vivência faz com que os aprendizes – ao final de dois anos – tenham um diferencial. “Nossa pretensão é criar mais cursos – nós já habilitamos o comércio varejista, que está em andamento no Ministério do Trabalho.”, completou Fabrícia.

O Programa de Trabalho Aprendiz possibilita a formação integral do adolescente promovendo sua inserção social e econômica por meio do trabalho protegido. Com isso, a formação teórica será ministrada juntamente com a prática, sendo compatível com o prazo determinado no contrato de aprendizagem. O objetivo desse novo formato do curso é assegurar ao aprendiz a qualificação técnico-profissional de acordo com a dinâmica do mundo do trabalho.

Ana Maria de Oliveira é a Professora do Curso e destaca o conteúdo oferecido e sua relevância: “No curso eles aprenderão como se comportar no mercado de trabalho, se conhecerão melhor – para estar atuando para desenvolver as atividades que são cobradas dentro da sala de aula – e ao mesmo tempo, colocarão o aprendizado em prática no emprego – que acontece simultaneamente.”

Shirley Mendes e Lorena Pena são aprendizes e assim como elas mais de 60 assistidos da Funcime fizeram o exame admissional e já estão prestando serviços administrativos em empresas de Caratinga. “A importância desse curso é que a gente pode aprender, conseguir trabalhar corretamente – dentro da empresa – e desenvolver nossos trabalhos cada vez melhor.”, constatou Shirley. “Esse curso estará nos qualificando para o mercado de trabalho. Assim, nossa bagagem será maior, nos aperfeiçoaremos mais e estaremos adaptados para prestar bons serviços.”, reiterou Lorena.

Edvaldo Silva Marques é auxiliar contábil em uma imobiliária da cidade. Ele reforçou como se deu essa parceria: “A partir do momento que a gente teve que atender uma notificação do Ministério do Trabalho, surgiu essa parceria. A gente procurou a Funcime, solicitou esses aprendizes para trabalharem na empresa e 5 deles foram selecionados e registrados. Antes, tinha o contrato com o menor mas não tinha carteira assinada nem direitos garantidos.”

ESPECIAL FUNCIME GUARDA MIRIM.Still001Educação preventiva às crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade social, conquista do direito de cidadania, realização de trabalhos socioeducativos – que geram mudança de atitude – e educação para o trabalho. A Fundação Educacional Cidade dos Meninos tem um compromisso com a sociedade. De acordo com a Vice Presidente da Funcime, Selma Bitencourt: “A fundação é um espelho para a sociedade. A gente trabalha com esses meninos para que eles sejam referência para aquelas crianças que ainda não passaram pela instituição. Aqui nós contamos com grandes profissionais, pessoas qualificadas e dedicadas que buscam a inserção na sociedade. Eu acredito nesse trabalho, sinto orgulho de participar e fazer parte dessa instituição e de ver os meninos entrando – com 7 anos – e saindo – aos 14/15 – para o mercado.”

Comentários

Posts Relacionados