2

PRESIDENTE DA CÂMARA DE CARATINGA FALA DA SITUAÇÃO DE VEREADOR ACUSADO DE PARTICIPAÇÃO EM CRIME DE EXTORSÃO E POSSIBILIDADE DE TER O MANDATO CASSADO

7 dez, 2016 • Destaque, Telejornal

O vereador Ronílson Marcílio Alves, considerado foragido pela Polícia Civil, pode ter o mandato cassado pelos colegas do Legislativo Municipal de Caratinga. Reeleito para os próximos quatro anos, o político, é investigado de participação em um crime de extorsão na cidade. A informação é do Presidente da Câmara Municipal de Caratinga. Sérgio Condé, acredita que ainda é cedo para falar em cassação do mandato, mas a perda da cadeira no Legislativo Municipal pode acontecer se um dos vereadores ou mesmo um morador da cidade entrar com uma representação contra Ronílson na Câmara alegando quebra de decoro parlamentar. No dia 13 de dezembro, os vereadores irão receber a diplomação da Justiça Eleitoral. Sérgio Condé afirma que se Ronílson for preso e conseguir um habeas corpos que permita que ele responda a acusação do crime de extorsão em liberdade, o vereador poderá ser diplomado e até tomar posse no dia 1º de janeiro de 2017. O Presidente da Câmara afirmou que todos os atuais vereadores foram pegos de surpresa com a denúncia contra Ronílson. Para Sérgio Condé, o crime de extorsão é algo inaceitável, não somente quando praticada por políticos, mas por qualquer membro da sociedade.

 

Comentários

Posts Relacionados