4

DUAS JOVENS DE CARATINGA SÃO MORTAS EM CORONEL FABRICIANO

10 nov, 2016 • Destaque, Telejornal

Três jovens foram assassinadas nesta terça-feira (8) a noite, em Coronel Fabriciano, no Vale do Aço. Duas das vítimas, Tais Teodora da Silva Rocha, de 23 anos e Ludmila Gonçalves de Melo, de 18 anos, são de Caratinga. A outra jovem morta, Dayara Nunes Chagas, de 23 anos, é natural de Coronel Fabriciano.
Segundo a Polícia Militar testemunhas ligaram para o 190 relatando que ouviram vários disparos de arma de fogo na Rua Tamioios, no Bairro Caladinho de Cima. Os militares compareceram ao local e verificaram que o portão da casa estava trancado com cadeado, sendo necessário arrombar o portão para ter acesso à residência, onde depararam com dois corpos na varanda de entrada da residência e o outro corpo na cozinha próximo ao fogão. Na vítima localizada na cozinha, foram encontradas dez perfurações, sendo uma perfuração perfuração nas costas, uma perfuração na mão direita, uma perfuração na barriga lado esquerdo, uma perfuração no ombro, quatro perfurações na mão esquerda, uma perfuração na face lado esquerdo e uma perfuração na cabeça. Foi recolhido pelo perito, próximo ao corpo, um projétil de arma de fogo, aparentando ser de calibre .32 e um recipiente de lata pequena contendo 02 (dois) invólucro aparentando ser cocaína. Em uma das vítimas que se encontrava na entrada da residência foi encontrado uma perfuração provocado por arma de fogo próximo ao peito lado direito, recolhido pelo perito um projétil ao lado do corpo. Na outra vítima foram encontradas oito perfurações provocados por arma de fogo, sendo três perfurações no peito direito, duas perfurações no pescoço, duas perfurações na altura do ombro e uma perfuração em um dos lábios. Foi encontrado junto aos documentos de uma das vítimas, uma bucha de substância semelhante à maconha acondicionada em plástico de cor branca. Testemunhas informaram que após ouvirem disparos de arma de fogo, foram vistos dois indivíduos pularem o portão para fora. Uma testemunha informou que a casa onde as vítimas estavam, havia sido alugada por uma delas no dia 07/11/2016, portanto havia dois dias que as vítimas moravam no referido local. A polícia identificou um dos suspeitos como Rafael Fernando de Souza, de 24 anos.

Comentários

Posts Relacionados