tragedia mariana 5

Ibama vai multar Samarco em R$ 250 milhões

12 nov, 2015 • Destaque, Jornal Regional, Telejornal

O IBAMA, O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, deve aplicar multas milionárias a Samarco por danos ambientais. O Órgão Federal ainda discute o valor total da punição pelos danos ambientais e trabalha com um montante que deve ultrapassar R$ 250 milhões de reais, conforme anunciado pela presidente Dilma Rousseff em visita a Governador Valadares. A lama pelo rompimento das barreiras avançou um raio de mais de 100 km e deixou de prontidão 15 cidades de Minas Gerais e do Espírito Santo, que são abastecidas pela bacia do Rio Doce.

Segundo a avaliação do Serviço Geológico do Brasil, do Ministério de Minas e Energia, que teme um impacto de grandes proporções. A catástrofe ambiental trouxe danos aos vales do Aço e Rio Doce. Belo Oriente e Governador Valadares estão sem água até mesmo para consumo. Em Valadares, algumas instituições de ensino suspenderam as aulas. Uma campanha nas redes sociais pede a solidariedade dos municípios vizinhos em doações de água O mar de lama varreu do mapa o distrito de bento rodrigues, que pertencia a Mariana, Região Central do Estado. A presidente Dilma vai até a Região que já contabiliza seis pessoas mortas e 21 desaparecidas. A demora da visita se deu porque, mesmo aconselhada por ministros a visitar os entornos de Mariana, Dilma insistia que era preciso “ficar claro de quem era a responsabilidade” antes de seguir a Minas Gerais e Espírito Santo. O ministro da Casa Civil vai organizar uma reunião, que deve acontecer ainda esta semana, com representantes da mineradora e da Defesa Civil, além do Ministério da Integração Nacional, para discutir, principalmente, os gastos com abastecimento de água nas cidades atingidas pela lama. O objetivo do encontro é que os municípios apresentem as contas quanto a carros-pipa, adutoras e sistema de abastecimento para que a Samarco pague todas as despesas. Ainda de acordo com auxiliares de Dilma, a mineradora não tem se recusado a prestar ajuda na região, mas é preciso ficar claro, dizem, que as empresas devem ficar com todo o ônus e paguem as contas apresentadas pelos prefeitos.

tragédia mariana tragedia mariana 5 tragedia mariana 4 targedia mariana 3 targedia mariana 1targedia mariana 2

Comentários

Posts Relacionados