Campanha de incentivo a doação de medicamentos é realizada em Caratinga

14 nov, 2013 • Cidades, Destaque, Saúde

Com o objetivo de incentivar as pessoas a doarem sobras de medicamentos que estejam dentro do prazo de validade e em perfeitas condições para serem reaproveitados, a Prefeitura de Caratinga, por iniciativa da Secretária de Saúde, criou uma campanha. A ideia é dar uso aos medicamentos que já não precisam ser utilizados pelo doente a que foram prescritos e que normalmente ficam armazenados em casa.
fhghO RIVASTIGMINA, usado no tratamento de pacientes acometidos do mal de Alzheimer custa cerca de R$ 600,00. Caso a pessoa necessite desse remédio e não tenha condições de comprá-lo, ela terá que entrar com uma ação judicial para que o estado forneça o medicamento – normalmente o prazo demorado nesse processo todo é de cerca de 3 meses. Com a campanha de incentivo à doação de medicamentos, só hoje, no posto de coleta e redistribuição na Unidade de Assistência Farmacêutica (UAF), no Centro de Atenção Farmacêutica (o CAF ‘Moacyr Mendonça Costa Filho’ – na Praça Calógeras) quatro caixinhas dele estão à disposição dos cadastrados.
De acordo com o farmacêutico José Celso Godinho Guimarães a grande maioria dos medicamentos doados é de alto custo. Além disso atualmente no estoque existem cerca de 200 remédios recebidos através da iniciativa.
A única ressalva é que mais de uma receita pode ser necessária.
Atualmente, duas mil pessoas estão cadastradas e poderão receber os medicamentos coletados através campanha.

Comentários

Posts Relacionados