22339184_1446260022089742_6915668786237212959_o

Jurídico do Hospital avalia contratos de gestões passadas

10 out, 2017 • Acontece, Destaque, Telejornal

Jurídico do Hospital avalia contratos de gestões passadas

E prejuízo será corresponsabilizado

A Diretora do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, Flávia Eugênia, foi clara ao afirmar em coletiva a imprensa realizada nesta semana, que todos os contratos passados de prestação de serviço ao Hospital estão sendo analisados pelo jurídico da casa. Doa a quem doer. Esta foi a definição que a diretora utilizou, demonstrando que o local já não suporta mais possíveis irregularidades em contratos. “O Hospital é a casa do povo e vive de doação. Pessoas que lesaram o local serão corresponsabilizadas”.

A Diretora falou ainda que a desassistência gera não só um desgaste politico como um degaste social e um descredito, que neste momento é muito importante retornar.

#SAÚDE SENDO INVESTIGADA#

E a saúde em Caratinga está passando por outras análises. Na semana passada uma comissão mista foi criada pelo Executivo Municipal de Caratinga para realizar uma auditoria nos contratos celebrados com a Fundação Educacional de Caratinga (FUNEC), que tem ou tiveram como propósito o atendimento das demandas da Secretaria Municipal de Saúde. Informações divulgadas pela Prefeitura de Caratinga afirmam que o objetivo é apurar quais serviços foram efetivamente prestados através de contrato, uma vez que a Fundação Educacional de Caratinga, mantenedora do CASU, se nega em demonstrar a prestação de contas ao Município conforme os instrumentos jurídicos de contratualização, inclusive dos atendimentos de urgência e emergência no CASU.
A Prefeitura de Caratinga disse que já informou a Fundação Educacional que não irá proceder com o empenho e pagamento de faturas simplesmente apresentada pela Instituição sem a devida auditoria, validação e comprovação da prestação dos serviços, como disposto na Lei Federal nº. 8.666/1993, que determina a apuração de responsabilidades.
A Comissão é formada por membros da Secretaria de Saúde e vereadores do Município. Ela está designada para a instauração de procedimento administrativo com a finalidade de apurar supostas irregularidades ou ausência de cumprimento de formalidades legais no âmbito das contratualizações celebradas com a Fundação Educacional de Caratinga nos últimos cinco anos.

A matéria completa você confere nesta terça-feira às 19h no jornal da DOCTUM TV

22339184_1446260022089742_6915668786237212959_o 22290025_1445665292149215_3916256747210735215_o

Comentários

Posts Relacionados