82

POSSÍVEL CONTAMINAÇÃO DE NASCENTE POR CHORUME: MORADOR DIZ QUE VAZAMENTO DA SUBSTÂNCIA TEM ORIGEM NO ATERRO SANITÁRIO E TAMBÉM RECLAMA DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA NA PROPRIEDADE DELE

7 out, 2016 • Destaque, Telejornal

 

Há cerca de um ano, o que deveria ser motivo de alegria para um morador, tendo em vista a crise hídrica enfrentada em Caratinga, tem trazido transtornos. Ele alega que uma nascente, que fica na propriedade dele, tem sido contaminada e a água dela desviada.
O estudante Sérgio Valente Júnior mora na Avenida Áurea Carlos Leite de Matos, avenida que se inicia no trevo da MG-329 – rodovia que liga Caratinga a Bom Jesus do Galho. A propriedade dele faz divisa com o aterro sanitário e é possível ver a delimitação demarcada pela cerca.
Nosso jornalismo, atendendo a solicitação do morador, foi até o local e registrou imagens de sacolas de lixo espalhadas pela área que fica há poucos metros da nascente da propriedade de Sérgio.
No curso d’água havia manchas, o que levanta a suspeita de que tenha sido contaminado por chorume, líquido poluente resultado da decomposição de resíduos orgânicos do aterro sanitário.
Sérgio afirmou que a água que sai da nascente abastece distritos de Caratinga, como Sapucaia, e que certa vez, houve morte de peixes na região. Ao acompanhar o estudante pelo local, canos captando a água da nascente foram encontrados. Segundo ele, as tubulações foram colocadas sem autorização, e, há cerca de 2 meses, a água não chega na outra parte que pertence a propriedade dele.
Sérgio confirmou que já procurou as autoridades responsáveis mas não teve uma solução para o problema.Nos

mo enviou uma solicitação de resposta à assessoria de comunicação da Prefeitura de Caratinga e, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, ela informou que tem conhecimento do caso e está colaborando com Polícia Militar de Meio Ambiente, pois ela já está averiguando os fatos argumentados pelo denunciante.
Já a polícia disse que notificou a Prefeitura de Caratinga e o morador pelo uso mesmo que insignificante da água. O estudante regularizou a situação. Em relação ao lixo espalhado pelo local, a polícia também notificou a prefeitura. Quanto ao possível vazamento de chorume a Polícia de Meio Ambiente disse que deve ir ao local ainda hoje (06) para avaliar a situação.
Sérgio reiterou dizendo que deu entrada com uma ação no Ministério Público mas que, mesmo assim, espera que a situação seja solucionada pacificamente.

Comentários

Posts Relacionados