3

MORRE CARLOS ALBERTO TORRES: EX-JOGADOR MARCELO ALVES FALA DO EX-CRAQUE DA SELEÇÃO E EX-TÉCNICO DO BOTAFOGO

26 out, 2016 • Destaque, Telejornal

Morreu nesta terça-feira (25), no Rio de Janeiro, Carlos Alberto Torres, o capitão do Tricampeonato Mundial da Seleção Brasileira em 1970. O ex-jogador também foi técnico de vários clubes brasileiros. Entre eles, o Botafogo, na época em que o caratinguense Marcelo Alves atuava pelo clube carioca. Marcelo falou sobre como foi trabalhar com o eterno lateral direito do Brasil.
Carlos Alberto Torres, aos 72 anos, no Rio de Janeiro, o “Capita”, como era chamado, morreu de um infarto fulminante. O capitão da Seleção Brasileira na conquista do Campeonato Mundial de 1970 será enterrado no cemitério do Irajá, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (26) pela manhã. Carlos Alberto Torres também foi técnico de vários clubes brasileiros, entre eles o Botafogo. E foi no clube carioca que as vidas do ex-craque da seleção e de Marcelo Alves se cruzaram. Torres aparece em uma das fotos do arquivo pessoal do ex-jogador do Botafogo tirada em 1997. Marcelo Alves afirma que Carlos Alberto era um técnico que gostava de dar conselhos aos jogadores, dentro e fora de campo.
Campeão Brasileiro em 1995 pelo Botafogo, Marcelo Alves lembra que foram poucos meses de trabalho ao lado de Carlos Alberto Torres, mas o suficiente para admirar o ex-craque da Seleção Brasileira.
O ex-lateral do Brasil na Copa do México de 1970 foi o autor do quarto gol da seleção, na goleada de 4 a 1 na final da competição sobre a Itália. Equipe que ainda tinha Pelé, Tostão, Rivelino, Gerson e tantos outros craques. Marcelo Alves acredita que Carlos Alberto Torres revolucionou o futebol em uma época em que os laterais apenas marcavam na defesa e pouco se arriscavam no ataque.

 

Comentários

Posts Relacionados