14330159_1073147899400958_437353322582895827_n

JUIZ CONCEDE LIMINAR PARA RETIRADA DE PUBLICAÇÃO DE JORNAL COM DEPOIMENTO DE MÉDICO DE FAVORECIMENTO A CANDIDATO A REELEIÇÃO

19 set, 2016 • Destaque, Telejornal

Uma matéria publicada no dia 11 de setembro, onde o médico Igor de Oliveira Claber Siqueira dava detalhes relacionados ao Serviço de Atendimento Domiciliar (o SAD), resultou em uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral, que tem por objetivo impedir e apurar a prática de atos que possam afetar a igualdade dos candidatos em uma eleição no caso de utilização indevida dos meios de comunicação social.

Na ação, o advogado que representa o candidato Dr Welington, Túlio Antônio de Sena Ramos, pediu a retirada do ar, do site e da página do Facebook do Jornal A Semana, e ainda, a inelegibilidade do prefeito Marco Antônio Junqueira (PTB) e da candidata a vice em sua chapa, Rina Grossi (PSB), por oito anos. A medida pode atingir também o médico Dr Igor que corre o risco de ser afastado do serviço público pelo período de oito anos, sendo impedido de continuar atuando no SAD ou em qualquer outro programa, além de não poder ser contratado por qualquer órgão público pelo prazo de oito anos.
Os pedidos foram feitos pela coligação de Dr Welington e Dr Giovanni. O juiz Marco Aurélio Abrantes Rodrigues, da 72ª Zona Eleitoral de Caratinga, acatou a Ação de Investigação Judicial Eleitoral ajuizada pela coligação “Por Uma Caratinga Mais Justa”, e determinou, de imediato, através de notificação, que o jornal A Semana retirasse a matéria que estava sendo veiculada.
O processo segue em tramitação.
A coordenação da campanha de Dr Welington e Dr Giovanni enviou a seguinte nota de esclarecimento:
“Caro amigo cidadão de Caratinga,
A decisão de sermos candidatos a Prefeito e vice de Caratinga surgiu da certeza de podermos liderar um processo de desenvolvimento e crescimento sustentável da nossa cidade.
Sempre afirmamos que não adotaríamos o jeito velho de fazer politica, com perseguição, conchavos e acordos que firam os valores morais que devem conduzir todos os homens, políticos ou não.
Faremos política de um jeito novo. Trabalhando para o nosso povo, fazendo obras e ações que são importantes para todos, com saúde e educação dignas de um cidadão de bem.
Nos entristece ver que ainda existem pessoas que fazem a política da mentira, que causam tumultos sem necessidade e enganam o cidadão.
É verdade: Na última semana acionamos a Justiça Eleitoral, contra o candidato Marco Antônio e sua vice, para evitar que mais uma mentira fosse contada pela campanha do adversário à população, e que ficasse parecendo verdade depois de ser repetida várias vezes por pessoas que só estão preocupadas em manter seus próprios benefícios, e não em servir o povo de Caratinga. A justiça entendeu que a nossa reivindicação estava correta e mandou retirar o material do ar.
É mentira: Que abrimos um processo contra o Dr. Igor. É mais uma artimanha do velho jeito de fazer política: usar de mentiras para desviar o foco. Queremos a nossa oportunidade de governar, por sabermos o trabalho que podemos prestar à toda cidade, não prejudicando outras pessoas. Não queremos e não vamos prejudicar uma pessoa de bem como Dr. Igor, profissional que se dedica e presta um ótimo trabalho a comunidade, um serviço que merece ser ampliado e equipado devidamente. Reafirmamos isto: o processo foi única e exclusivamente contra o Marco Antônio e sua vice.
Usar o nome do Doutor Igor nesta situação é uma maldade e falta de respeito com um homem tão honrado e compromissado com o povo. Gostaríamos de agradecer a todos e reafirmar nossa indignação contra tais atos. Vamos dar um basta a essa política suja e sem conteúdo. Vamos transformar Caratinga com a verdade e com muito trabalho. Dr. Welington e Dr. Giovanni. Caratinga justa e mais humana”.

Comentários

Posts Relacionados