21106788_1409316552450756_8205165476786849711_n (1)

Pai e filha desaparecidos são libertados depois de 6 horas em poder dos bandidos e passam bem

29 ago, 2017 • Acontece, Destaque, Telejornal

Flávio de Assis Medina e a filha dele Flávia foram vitimas de um crime de roubo com restrição de liberdade neste domingo (27) por volta das 11h. Após ficar por aproximadamente 6 horas em poder dos bandidos, Flávio e a filha dele foram libertados pelos criminosos por volta das 17h. Segundo o depoimento prestado pela vitima, três bandidos encapuzados o abordou em frente a casa dele, logo depois que ele havia voltado de um comércio. Na ação, os bandidos mantiveram a família dentro do carro de Flávio e seguiram pela avenida Dário Grossi, depois dirigiram até uma zona rural localizada em Santa Barbara do Leste, onde ficou como refém de um dos suspeitos, tendo vários objetos roubados além do carro dele.

 

21077521_1409316602450751_5386297251713634367_n 21078276_1409316645784080_6779311890619394809_n 21106385_1409316669117411_7240214081760929363_n 21106788_1409316552450756_8205165476786849711_n (1)

Devido a um homicídio que aconteceu por volta de 12h na cidade de Santa Rita de Minas, policiais militares intensificaram o rastreamento atrás do autor do assassinato, fazendo com que várias viaturas realizassem rastreamento nas imediações, inclusive no município de Santa Bárbara do Leste. Devido a movimentação das autoridades, os bandidos resolveram libertar as vítimas há aproximadamente 7 quilômetros do destacamento policial de Santa Rita de Minas. Flávio então solicitou ajuda; pediu carona às margens da BR-116 onde chegou até o destacamento da polícia ainda muito abalado. Os policiais entraram em contato com os familiares de Flávio informando a boa noticia que as vítimas estavam em segurança e passando bem. Flávio ficou sabendo da como o caso dele repercutiu nas redes sociais, e emocionado, agradeceu cada pessoa que ajudou na divulgação do desaparecimento dele e da filha. A polícia segue agora em diligência atrás dos três suspeitos de cometer o roubo.

Comentários

Posts Relacionados