14040091_1045314582184290_2283867689238113947_n

SERVIÇOS DE EMPRESA RESPONSÁVEL PELA ILUMINAÇÃO PÚBLICA SÃO QUESTIONADOS POR MORADORES E PELA PREFEITURA DE CARATINGA. SEDE DA TERCEIRIZADA NÃO FOI ENCONTRADA POR NOSSA REPORTAGEM

16 ago, 2016 • Destaque, Telejornal

Muitos caratinguenses têm tido problemas e reclamado da iluminação pública em Caratinga. Postes apagados são as principais queixas da população. Na manhã de ontem (15), a administração pública municipal enviou uma nota à imprensa informando que notificou a Ipê Iluminação e Eletrificação, empresa terceirizada pela prefeitura para a realização dos serviços, já que ela não cumpriu as exigências licitadas dentro do prazo estabelecido.

Moradores de um trecho da Rua Capitão Paiva, no Bairro Esperança, em Caratinga, já convivem com a escuridão há um bom tempo. Aparecida Gregória, que é proprietária de um salão de beleza e de um brechó, disse que já foi vítima de furtos quando deixava alguns itens expostos na calçada. Para ela, a falta de iluminação no ponto é um dos motivos que aumenta a insegurança. Ela estuda à noite e destaca que a rua é um acesso de grande fluxo de pessoas principalmente à noite e que a iluminação é de grande importância.
Por várias vezes Marcos Antônio de Souza já reclamou de outro poste que fica próximo à casa dele. O motorista disse que, com grande frequência, o poste está apagado. O risco de um acidente fica ainda maior já que parte de uma calçada está danificada desde que obras da Copasa, de canalização para acesso ao Córrego Sales, foram feitas.
Em cumprimento a resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, a Prefeitura de Caratinga começou a responder pela operação e manutenção da iluminação pública em janeiro deste ano. Todos os outros serviços na rede elétrica, como interrupção do fornecimento de energia e novas ligações, continuam de responsabilidade da distribuidora de energia Cemig.
Nosso jornalismo foi até dois endereços que informavam onde a empresa Ipê Iluminação e Eletrificação funcionaria em Caratinga. Na Avenida Presidente Tancredo Neves, no número 3.167, encontramos um imóvel. Não havia nenhuma identificação da terceirizada no local. Em um estabelecimento comercial ao lado, fomos informados de que cartas já chegaram para a empresa mas que ela nunca funcionou ali.
Na Avenida Professor Armando Alves da Silva, no número 31, no Bairro Zacarias – endereço repassado pela assessoria de comunicação da Prefeitura de Caratinga, que dava conta de ser a sede da empresa – encontramos apenas postes deixados no local. Segundo relatos de pessoas que trabalham nas proximidades, funcionários da terceirizada também nunca foram vistos ali e que, constantemente, pessoas vão à procura da sede da Ipê e voltam sem respostas.
Em nota enviada pela prefeitura, fomos informados de que o executivo notificou a empresa de iluminação pública porque ela não cumpriu com os serviços licitados dentro do prazo estabelecido. O documento exige da prestadora mais rapidez na execução dos trabalhos, o fornecimento dos relatórios de serviços prestados e, também, cobra uma justificativa pela ausência na reunião realizada no Departamento de Compras no mês de julho deste ano. O texto ainda informa que caso a Ipê não atenda em tempo hábil aos chamados da população para a substituição de lâmpadas e outras obrigações previstas na licitação, a prefeitura poderá rescindir o contrato de prestação de serviços e que esta não é a primeira vez que o município notifica a Ipê.
O jornalismo da DOCTUM TV solicitou por email uma resposta da empresa Ipê Iluminação e Eletrificação em relação a notificação da prefeitura. Fomos informados que já foi marcada uma reunião para alinhamento de estratégia e os serviços estão sendo atendidos com rapidez. Procuramos também a Prefeitura Municipal e repassamos a reclamação em relação a calçada danificada. O executivo respondeu que, por meio da Secretaria de Obras Públicas, vai reparar a calçada imediatamente.

Comentários

Posts Relacionados