13925499_1035503243165424_3300794288367182546_o

CRUZEIRO DESFALCADO NO RESTANTE DESTE ANO: DEDÉ VOLTA A SOFRER COM LESÃO NO JOELHO E PASSARÁ POR CIRURGIA NOS ESTADOS UNIDOS

2 ago, 2016 • Destaque, Telejornal

As boas notícias de duas semanas atrás caíram por terra ontem (01). O zagueiro Dedé, do Cruzeiro, que estava em processo de recondicionamento físico desde 18 de julho, voltou a sofrer com uma fratura na patela do joelho direito e precisará passar por outra cirurgia, agora, nos Estados Unidos. Dedé só voltará a jogar em 2017.

O médico Sérgio Freire Júnior concedeu entrevista coletiva na Toca da Raposa II para comunicar à imprensa a situação do camisa 26, que disputou seu último jogo pelo Cruzeiro no dia 28 de fevereiro, quando a equipe empatou por 1 a 1 com o América pela quinta rodada do Campeonato Mineiro: “O Dedé vinha sendo acompanhado por causa de uma fratura na patela do joelho direito. Conforme falado, foi constatado, por meio de exames, a cicatrização, a consolidação da fratura. Assim, o atleta foi encaminhado para a transição. Nesse processo, Dedé voltou a apresentar dor progressiva, nós partimos para novas avaliações e foi constatada a volta dessa fratura. É uma fratura que ocorre pelo estresse. O atleta passa a ter procedimento cirúrgico para que se evite futuras complicações em cima disso”.
O tempo de recuperação de Dedé é estimado em quatro meses, mas o objetivo do departamento médico e da fisiologia do Cruzeiro será preparar o atleta para a pré-temporada em 2017. Por isso, Dedé não joga mais neste ano. O procedimento cirúrgico do zagueiro será realizado nos Estados Unidos sob o comando do médico Robert Laprade, especialista no tratamento deste tipo de lesão. O piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton, o ex-armador David Beckham e ex-jogador de basquete Kobe Bryant foram operados por Laprade.
O site oficial do Cruzeiro informou que o jogador viajará para os Estados Unidos hoje (02) e será operado na quinta (04). O retorno ao Brasil ocorrerá na segunda-feira (08). Dedé não escondeu a tristeza por falar novamente de um tema complicado para qualquer jogador de futebol: “Momento difícil. Vim na coletiva para falar de lesão é complicado. É um segundo ano perdido para mim. Na questão da lesão, eu estava num período de tratamento em que tentamos de tudo, fizemos muitos exercícios, tentamos progredir, mas eu senti muita dor. Tentei até fazer em cima da dor, mas não conseguimos. Eu estava sentindo muito, em casa, muitas dores. Pedi a Deus para que ele me mostrasse o que estava acontecendo. A minha cabeça estava pesada quando não sabia, e agora estou um pouco tranquilo. Sei que esse departamento e a fisioterapia querem o meu bem. Sei que vou superar mais uma batalha”.
Em 2015, ele já havia passado por duas cirurgias: “Estava ruim, estava difícil, tentando voltar e não conseguindo. Agora, conseguimos uma solução, e pedir a Deus para dê tudo certo nessa nova cirurgia, intervenção que tivemos acontecem e a gente está aqui, atleta, as coisas acontecem passou. É difícil responder, estou falando embolado porque é difícil. Estou confiante no pensamento dessa rapaziada e pensando. Queria muito estar nesse momento, queria estar sofrendo dentro do campo, com meus companheiros. Dando tudo certo nessa cirurgia, meus objetivos e sonhos não vão mudar”, disse o zagueiro.
No Cruzeiro desde 2013, Dedé jogou com regularidade até o fim de 2014. Em suas duas primeiras temporadas, o jogador disputou 85 partidas e marcou oito gols, sendo peça importante na conquista do bicampeonato brasileiro. Em 2015, porém, Dedé ficou por toda a temporada em tratamento médico e não jogou uma vez sequer. Já em 2016, o defensor de 1,92m fez seis apresentações, mas voltou a enfrentar problemas de lesão e precisará começar do zero novamente. Segundo a plataforma Rede do Futebol, o ex-vascaíno tem contrato com a Raposa até 16 de abril do ano que vem.

*Fonte: SUPERESPORTES

Comentários

Posts Relacionados