14102559_1057535304295551_1861449112490740694_n

BISPO DA DIOCESE DE CARATINGA ANUNCIA QUE PARALISAÇÃO DO HOSPITAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA PODE OCORRER EM 10 DIAS

31 ago, 2016 • Destaque, Telejornal

O HNSA vai paralisar as portas e interromper os atendimentos. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (31), pelo Bispo Diocesano de Caratinga, Dom Emanuel Messias de Oliveira. A paralisação pode ocorrer até o dia 10 de setembro, que é o prazo estabelecido pelos médicos, caso não recebam as dívidas do Hospital com o corpo clínico.

O déficit mensal é de R$ 1,640 milhões, o que inviabiliza a continuidade dos atendimentos e serviços. Dom Emanuel Messias falou da necessidade de contratualização com o Estado. Ele disse que não há nenhum recurso financeiro e sem o custeio do Governo do Estado, a paralisação se fará necessária.
O religioso e principal nome na administração da unidade de saúde afirmou que a paralisação do HNSA começou há dois meses, quando os serviços de Raio-X, tomografia e outros serviços foram interrompidos.
A nova administradora do HNSA, Suély Pereira de Souza, afirmou que os fornecedores estão se negando a enviar os medicamentos. O que também impede a continuidade dos atendimentos. Situação que agrava as condições de atendimento dos médicos.
Suély lembrou que o problema ainda afeta o Pronto Atendimento Microrregional, que é a porta de entrada dos atendimentos de urgência e emergência de toda a região.
Nos próximos 10 dias, Dom Emanuel espera agendar uma reunião com o Governador Fernando Pimentel, para que juntos possamos encontrar uma solução para impedir o fechamento do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora. Perguntado se a Fundação Educacional de Caratinga, gestora anterior do Hospital, chegou a procurá-lo para ajudar a inverter a crise do HNSA, Dom Emanuel falou que a FUNEC faz parte do passado para a atual administração hospitalar.
Enquanto a Fundação Educacional de Caratinga esteve à frente da Administração do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora a dívida saltou de R$ 16 milhões para R$ 28 milhões. Na semana passada, o Dom Emanuel classificou o período em que a instituição de ensino esteve a frente do HNSA, como desastrosa e principal motivadora do agravamento da crise.

14102559_1057535304295551_1861449112490740694_n

Comentários

Posts Relacionados