23 (1)

Tropa de choque da PRF usa bombas de efeito moral para liberar BRs 116 e 262

22 jul, 2013 • Cidades, Destaque, Política

Cafeicultores da Zona da Mata voltam a se manifestar contra o baixo preço do café. Eles fecharam as BRS 116 e 262. O protesto só terminou com a intervenção da Tropa de Choque da Polícia Rodoviária Federal. Bombas de efeito moral foram disparadas.

Os acessos aos estados da Bahia, Rio de Janeiro e Espírito Santo foram bloqueados. Utilizando sacos de café e pneus, manifestantes botaram fogo em barricadas feitas nas pistas nos quatro sentidos do trevo de Realeza. Com a intervenção da PRF,  ambulâncias e veículos de emergência conseguiram passar. Por volta das 17 horas, Policiais Militares e Rodoviários Federais ainda tentavam negociar a liberação da rodovia, que estava prevista para 1 da tarde.

“Vocês disseram que q manifestação acabaria uma da tarde, já são quase cinco horas e até o momento nada. A tropa de choque da PRF chegou para liberar as BRS 116 e 262”, disse o comandante do 11º Batalhão de PM, Ten. Cel Santiago.

As BRS 116 e 262 estão paralisadas há pelo menos 7 horas. Reforços da Polícia Rodoviária Federal vieram de Belo Horizonte para liberarem a pista.

A tropa de choque da PRF chegou em 4 helicópteros. Eles se posicionaram para dar fim a manifestação. A Policia Militar isolou uma área que dá acesso as rodovias. Bombas de efeito moral foram disparadas.

O gás lacrimogêneo afastou os manifestantes. Equipes do Corpo de Bombeiros fizeram a limpeza da pista. Policiais militares de Manhuaçu participaram da ação.  O protesto começou pacífico. Com cartazes e faixas, os cafeicultores reivindicavam redução de impostos de insumos e melhor preço para o café, principal economia da região.

“Um saco de insumo custa em média 70 reais. A produção de uma saca de café custa pra gente 340 reais e temos que vender a 260. A situação está muito difícil. Há 10 anos, a saca de café custava um salário mínimo”, relatou a  cafeicultora.

As filas formadas nos quatro sentidos das BRS 116 e 262 geraram um congestionamento de 25km.

“Os motoristas devem ficar atentos com a liberação das rodovias. Não é hora de querer tirar o atraso do tempo que ficaram parados. É hora de andar com calma pela BR para evitar acidentes por conta do fluxo de veículos nos dois sentidos da rodovia.” Alerta o Inspetor da PRF, Fernando Cézar.

 

23 (1) 28 27 22 29

Comentários

Posts Relacionados