Sem título

Comissão Parlamentar Processante realiza a primeira Oitiva de testemunhas envolvidas no caso de Ronilson

22 jun, 2017 • Acontece, Destaque, Telejornal

Comissão Parlamentar Processante realiza a primeira Oitiva de testemunhas envolvidas no caso de Ronilson
Na manhã desta quinta-feira, a Comissão Parlamentar Processante ouviu dois investigadores da Polícia Civil que participaram do processo de investigação no caso de extorsão de um padre envolvendo o vereador Ronilson.

A Comissão foi instaurada na Câmara Municipal de Caratinga com o objetivo de cassar o mandato do vereador. Segundo o presidente da Comissão, Sebastião Inácio Guerra, um dos investigadores que deram depoimento participou da busca de Ronilson no Rio de Janeiro. Ele considera essa oitiva como peça-chave para o início do processo.Guerra disse ainda que a situação do vereador não é nem um pouco favorável.
“Fiquei sabendo ali de coisas de arrepiar os cabelos. Acho muito difícil defender o indefensável. Ouvi coisas muito pesadas que eu chamaria de grave ”
O advogado de defesa de Ronilson, Dário Júnior, contou que os investigadores não acrescentaram nada além do que já haviam dito no processo judicial e afirma que ainda é muito cedo para falar sobre possíveis resultados.
“Eles estão apenas reiterando aquilo que foi apurado. Tá muito cedo ainda para falar a respeito do resultado dessa Comissão. Todo esse trabalho de oitivas das testemunhas junto com documentos e requerimentos que serão feitos por parte da defesa, ainda devem demandar alguns meses.”

O CASO:

Ronilson Marcílio foi condenando a 5 anos e 4 meses de prisão pelo crime de extorsão contra o padre José Nogueira, ex-provedor do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora. Segundo testemunhas, o vereador teria exigido dinheiro para não divulgar um vídeo íntimo do sacerdote. Ele foi absolvido do crime de organização criminosa. Porém o juiz julgou procedente o pedido de condenação pelo crime de extorsão consumado. Uma das teses da defesa é que seria um crime de extorsão tentada e não seria consumado. Ronilson iniciou nesta quinta-feira o trabalho externo na cidade. Após 121 dias de licenciamento de Ronilson, o suplente Ronaldo da Mila foi convocado, assim como prevê o regimento interno da Câmara.

A matéria completa você confere nesta quinta-feira às 19h ou 22h30, na DOCTUM TVdvdvdsvdv Sem título

Comentários

Posts Relacionados