18622460_1320851011297311_5029739031503541542_n

Alessandro Augusto, um dos envolvidos no crime de extorsão contra um padre em Caratinga deverá ser solto

29 maio, 2017 • Acontece, Destaque, Telejornal

Saiu no final da tarde de sexta-feira, dia 26 de maio, o alvará de soltura de Alessandro Augusto Teixeira Pinheiro. Alessandro é considerado um dos envolvidos, junto com o vereador Ronilson no crime de extorsão contra um padre de Caratinga.

No dia 08 de maio foi publicado a decisão do Juiz de Direito, Dr. Consuelo Silveira Neto. Na ocasião Alexandro foi o único que teve uma pena menor sendo de 3 anos e 6 meses em regime aberto. No alvará de soltura, o juiz determina algumas restrições como manter ocupação licita; fica proibido de frequentar bares ou lugares similares; se recolher em sua residência diariamente de segunda a sexta às 19h, ficando recolhido até as 6h do dia seguinte, aos sábados até ás 16h e no domingo recolhido em tempo integral.
Referente ao caso, Ronilson foi condenado a 5 anos e 4 meses em regime semiaberto, assim como os outros dois envolvidos. O vereador Ronilson Marcílio; Bruno dos Anjos; Giorge Lima e Alessandro Augusto Teixeira foram absolvidos do crime de organização criminosa. Porém o juiz julgou procedente o pedido de condenação pelo crime de extorsão consumado. Uma das teses da defesa é que seria um crime de extorsão tentada e não seria consumado. Mas, a tese não foi acolhida e a condenação pelo crime de extorsão.

18622460_1320851011297311_5029739031503541542_n

Comentários

Posts Relacionados