Sequence 03.Still004

COMO ORGANIZAR FINANÇAS PESSOAIS? ESPECIALISTAS AFIRMAM QUE PARA CONTER GASTOS, ALÉM DE DIAGNÓSTICO DA SITUAÇÃO, ‘GASTADORES’ PRECISAM MUDAR HÁBITOS

11 maio, 2016 • Destaque, Telejornal

Todo mundo sabe que, em tempos de crise, a capacidade de controlar as despesas e gerar novas receitas é decisiva para conservar a saúde financeira e o patrimônio familiar. Nessas horas, devemos nos esforçar para separar um tempinho mínimo só para arrumar as ideias e organizar melhor nossas prioridades de consumo e despesas do dia a dia.

Promoções, promoções e mais promoções. Tanta propaganda é para atrair cada vez mais clientes. Porém, o problema está no endividamento.

Uma pessoa que não tem muito controle pode acabar assumindo vários cartões de crédito, isso gera uma perda de controle muito grande e um endividamento crônico: o que não é saudável para a economia pessoal e nem para a economia do país como um todo.
Ser desorganizado pode ter consequências piores do que não achar aquele papel importante na casa bagunçada. Uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) mostrou que a falta de controle e planejamento das finanças é a principal razão apontada pelos inadimplentes para terem ficado com o nome sujo.
Ser organização pode ajudar a perceber excessos que poderiam ser cortados.
Saber para onde vai o dinheiro é apenas o primeiro passo. Mudar hábitos de consumo e gastar menos é essencial quando falamos de educação financeira. Saber negociar dívidas também é necessário.

Comentários

Posts Relacionados