13055322_975271972521885_3331996184322965680_n

PERÍODO DE ESTIAGEM PROLONGADO AUMENTA FOCOS DE QUEIMADAS E TAMBÉM RISCOS PARA QUEM SOFRE DE DOENÇAS RESPIRATÓRIAS

22 abr, 2016 • Destaque, Telejornal

Além de comprometer o abastecimento de água, a falta de chuvas em toda a região aumenta as chances de aparecimento de focos de queimadas e já preocupa a Polícia Ambiental. Em consequência, as queimadas também atrapalham aqueles que já sofrem com doenças respiratórias.

O período de estiagem geralmente se inicia no mês de junho, mas com a escassez de chuvas, a Polícia de Meio Ambiente de Caratinga está em alerta realizando trabalhos preventivos de fiscalização para evitar que as queimadas comecem mais cedo. O Cabo Edil Júnior chama atenção para a importância da conservação dos recursos hídricos, inclusive em nossa região que já enfrenta problemas com abastecimento de água.

Além dos danos ao meio ambiente, as queimadas prejudicam também a saúde. Para que já sofre com doenças respiratórias, o cenário de seca e queimadas se torna agravante, como explica a pneumologista Maria José Ligeiro.

Segundo o Cabo Edil, com a estiagem a folhagem dos matos já está muito seca, propiciando o surgimento dos focos de incêndio, e alerta para o fato de as queimadas não serem a melhor opção para fazer limpeza de uma área, uma vez que são muito danosas aos meio ambiente, além de prejudicar o solo. Ele comenta sobre a legislação que pune esses crimes ambientais. Com a crise hídrica na região, o Cabo Edil faz um apelo à população para que todos possam economizar e utilizar de forma consciente.

13055322_975271972521885_3331996184322965680_n

Comentários

Posts Relacionados