Sequence 03.Still005

IMPORTÂNCIA DAS IMUNIZAÇÕES NA INFÂNCIA: VACINAR AS CRIANÇAS É UM ATO DE SOLIDARIEDADE

29 abr, 2016 • Destaque, Telejornal

As vacinas são um símbolo de progresso e o aparecimento delas, em 1796, foi considerado um dos maiores marcos da saúde na história. As vacinas têm um alto perfil de segurança e uma baixa taxa de efeitos secundários e complicações. A imunização das crianças é de grande importância e é considerada um ato de solidariedade.

Algumas doenças são chamadas de infecciosas: aquelas causadas por microorganismos. Para evitar a ocorrência de muitas delas, são usadas as vacinas, que protegem o organismo.
Quando uma criança nasce, ela recebe, ainda na maternidade, uma carteira de vacinação, onde aparecem alguns dados importantes do nascimento. Eles servem para identificá-la, manter informações do crescimento e estado de saúde, e registrar as vacinas que deverá tomar e as doses que já recebeu. Apesar da cultura dos brasileiros ter mudado bastante ao longo dos anos, ainda existem aqueles pais que se descuidam e não mantém, em dia, a vacinação dos filhos.
A pediatra Maianna Viana explicou que existem as vacinas obrigatórias, aplicadas em doses e reforços que variam de acordo com a idade. Como são muitas, e extremamente importantes, é necessário que o esquema de vacinação de cada criança seja bem acompanhado por um ou mais profissionais da saúde. Desde o nascimento até os 5 anos de idade é imprescindível que as crianças estejam com as vacinas em dia, pois são elas que ajudam a protegê-las de doenças graves que podem colocar a vida em risco.
As crianças têm um sistema imunológico em desenvolvimento. Isso significa que elas têm menos defesas. Por exemplo, quanto maior a criança é, menor o numero de infecções por ano. Crianças de 6 meses de idade a 5 anos de vida estão entre os grupos de risco e precisam ser vacinadas contra o H1N1.

Comentários

Posts Relacionados