Sequence 03.Still009

DNIT REFAZ SINALIZAÇÃO HORIZONTAL EM PERÍMETRO URBANO DA BR 116 QUE CORTA CARATINGA

15 abr, 2016 • Destaque, Telejornal

O DNIT está refazendo a sinalização horizontal e dando manutenção de limpeza às margens da BR 116, e aqui no trecho urbano foram refeitas as faixas de pedestre, porém o risco pode aumentar para os pedestres mais desinformados que se acostumaram ao trânsito do centro, onde os veículos dão preferência aos pedestres na cidade, porém na rodovia, principalmente as carretas, não param na faixa que precisaria ter um semáforo, como é reivindicado pela sociedade e pela justiça.

Faixas de segurança ou faixas de pedestres, não importa o nome usado, o que é relevante mesmo é que elas são implantadas com o objetivo de delimitar a área determinada para a travessia, em segurança, de pedestres em ruas, avenidas e vias em geral.

Nos últimos dias este tipo de sinalização horizontal está sendo refeito em boa parte do perímetro urbano da BR 116 que corta Caratinga.
Porém, é importante destacar que muitos acidentes são registrados, justamente, nestas faixas.
Diferentemente do centro da cidade, nas rodovias a atenção deve ser redobrada tanto por condutores quanto por pedestres, afinal, nesses trechos de perímetro urbano da BR 116 a via exige que os veículos trafeguem em maior velocidade e nem sempre que o pedestre coloca o pé na faixa quer dizer que o motorista vai parar.
Nossa reportagem registrou algumas cenas aqui em Caratinga. Uns param, outros não. Tem pedestre que atravessa longe da faixa, outros aguardam pacientes o melhor momento para fazer a travessia.É o caso da do lar Dona Laídes Maria de Jesus.
Assim como dona Laídes, Leandro Luiz da Silva também demonstrou atenção. Ele falou sobre os trabalhos do DNIT em relação às faixas, que já existiam, mas recebem uma nova pintura. Leandro destacou ainda que outras melhorias são necessárias para que a segurança seja garantida e os índices de acidentes nos trechos diminuam.
Passarelas, melhor sinalização e até lombadas são algumas das exigências feitas pela população.
Clausiano Peixoto deu entrada no Ministério Público Federal pedindo providências do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, o DNIT, em busca de assegurar a vida e a segurança pública dos usuários do perímetro urbano da BR-116, em Caratinga.
Quatro pontos críticos foram apontados: em frente à Rodoviária e Delegacia; na região próxima à Engelmig; trecho próximo à estátua do Menino Maluquinho e imediações de acesso à entrada do bairro Esplanada.
Foi realizada uma análise criteriosa do pedido e uma liminar obriga o DNIT a realizar melhorias em alguns dos trechos críticos citados. Porém, ainda de acordo com a liminar, as obras deverão ser apontadas pelo próprio DNIT, competente técnico para isso. Para o servidor público, autor da denúncia, a melhor solução está na instalação de semáforos. Segundo ele, o prazo dado pelo Ministério Público para que o DNIT realize as melhorias acaba em agosto. Caso isto não ocorra, o órgão sofrerá sanções e pagará multas.

Comentários

Posts Relacionados