STUND UP TEN CEL.mp4.00_02_30_21.Quadro001

COMANDO DA POLÍCIA MILITAR NÃO RECONHECE E CONTESTA ATIVIDADE DE GRUPO PRE MILITAR NA CIDADE

29 abr, 2016 • Destaque, Telejornal

Há uma semana, a nossa equipe fez uma reportagem sobre as inscrições de um curso de formação educacional e de ética em Caratinga. Esse curso seria ofertado por um grupo intitulado comando Pré-militar Sudeste e teria a duração de seis meses. Os coordenadores afirmam que o trabalho é de conhecimento da Polícia Militar. O comandante do batalhão negou essa informação.

Os coordenadores dessa equipe cobram uma taxa de inscrição e afirmam que realizam trabalhos sociais com crianças e jovens. O Comando Pré-militar Sudeste teria como sede a cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Na semana passada, durante entrevista à nossa equipe, o coordenador do curso preparatório militar afirma que os ensinamentos terão duração de seis meses.

Nesta sexta-feira, o comandante do batalhão da polícia militar de Caratinga falou que desconhece a existência de qualquer grupo pré-militar no país.

No mês de março dois dos integrantes do grupo intitulado Comando Pré-militar Sudeste foram conduzidos para a Delegacia sob a suspeita de estelionato. Eles tentavam arrecadar dinheiro no distrito de Santa Luzia para a elaboração de trabalhos sociais.

O Tenente Coronel Sérgio Renato ressalta que a farda utilizada pelo grupamento não é de uso das forças de segurança do país, mas que o caso já foi passado para o Exército brasileiro e está sendo acompanhado pelo Tiro de Guerra de Caratinga.

Comentários

Posts Relacionados