60

FAMÍLIA DE CRIANÇA AGREDIDA PELO PADRASTO ORGANIZAM MANIFESTAÇÃO EM FRENTE AO FÓRUM DE CARATINGA

5 jan, 2017 • Destaque, Entretenimento, Programas, Telejornal

No ultimo domingo (1°), um morador da cidade de Santa Rita de Minas foi preso, e levado para o presídio de Caratinga. Ele é acusado de torturar uma garota autista, de 6 anos de idade.
Luis Marques Pacheco, de 19 anos, foi flagrado pela ex- esposa, Paula Soares acertando um chute, e depois, estrangulando a filha dela, através de uma gravação feita por um celular que havia sido escondido para registrar o cena. A família ainda abalada, afirmou que depois de apresentar o vídeo da agressão à policia, a filha dela começou a se comportar com agressividade em casa. Segundo a mãe, Ágata sempre foi muito carinhosa. Ela acha que pelo fato do ex marido estar preso, algum sentimento de tortura provocado pelo acusado possa estar sendo lembrado pela filha. A mãe da jovenzinha contou que, a filha se nega a entrar na casa. Para intervir nesta preocupação ,a família mudou todos os móveis da residencia de posição, para tentar trazer tranquilidade para ágata. Colocamos um brinquedo da criança próximo ao local onde ela havia sofrido a agressão. ela não foi brincar. Quando o objeto foi colocado mais próximo dela, ágata não perdeu tempo para se divertir. A família recebeu informações de três advogados diferentes, afirmando que o padrasto da criança poderá estar em liberdade em breve. Eles contaram também, que Luiz estaria tentando uma transferência para o presidio, de Governador Valadares, onde a família dele reside. Nesta situação, os familiares estão organizando uma manifestação para a próxima segunda feira(09) as 11h30, em frente ao Fórum de Caratinga. A intenção é chamar a atenção das autoridades para que Luiz pague pelo crime que cometeu, em Caratinga. A mãe da criança faz um apelo aos moradores de Santa Rita de Minas e região, para que compareçam nesta manifestação.

Comentários

Posts Relacionados